MESTRE TOPETE

Mestre TopeteValdisinei Ribeiro Lacerda, conhecido por todos como Topete, nasceu em 08 de janeiro de 1971, na cidade de Cambira, no Estado de Paraná. Sua mãe chamava-se Maria das Graças Ribeiro Lacerda e seu pai, Francisco Pucinheira Lacerda, tem três irmãs e um irmão, Sidney Ribeiro Lacerda, que faleceu aos 19 anos em 1989. Casado com Márcia Cristina Claro Lacerda desde 1990, com quem tem um filho nascido em 1997, William Claro Lacerda. Aos 5 anos de idade começou a trabalhar, sendo que dos 8 aos 18 anos como borracheiro. Entre muitas tentativas de se ingressar no mercado de trabalho, ficou em uma empresa química até 2001, após este abriu uma loja de produtos de capoeira e reggae no Terminal Central de Campinas, se tornando referência na venda destes tipos de produtos.

Começou a estudar e a treinar a capoeira no grupo Coquinho Baiano com os Mestres Maya e Godoy em 1986. Em 1989, iniciou seus estudos na Capoeira Angola com o Mestre Bahia, na época professor e posteriormente formado pelo Mestre João Pequeno de Pastinha. Em 1992, seu mestre viaja para o exterior, permanecendo 8 meses, voltando ao Brasil após este período, apenas retornou ao exterior em 2004.

Enquanto isso, apesar do falecimento de sua mãe no mesmo ano, Topete continua a capoeira angola e regional. Em 1995, treina até 1998, em outro grupo de Capoeira Angola, mas com a volta de seu mestre ao Brasil, Topete retorna seus estudos com seu mestre. Em 2001, conquista o título de trenel no CECA-Campinas e deixa definitivamente seu trabalho como professor de capoeira regional, ficando sob supervisão do Mestre Bahia. Deu aulas em diversos lugares na cidade de Sumaré como no bairro São Judas Tadeu II, com o espaço em sua casa, e em escolas nos bairros Santa Amália, no Jardim Denadae, no Jardim Bandeirantes, no Jardim Aclimação, no Matão, no Jardim Amanda, em Hortolândia. A partir de 2003, coordena uma roda de rua, a Roda do Gueto, no Terminal Central de Campinas.

Em fevereiro de 2005, ano transfere o local de suas atividades com a capoeira Angola para um novo espaço, situado também no Terminal Central de Campinas. Em julho do mesmo ano conquista o título de professor de Capoeira Angola, no Forte Santo Antônio em Salvador, tendo como padrinhos Mestres Boca Rica, Bigodinho, Brandão e Mala. Seus alunos mais velhos são resultado de muito esforço, estudo e afeto pela Capoeira Angola.

Durante os últimos 6 anos, ministrou aulas no México, na Suécia e nos Estados Unidos; e oficinas na Holanda e Dinamarca, representando o grupo fora no exterior. Também é convidado por diversos grupos da região e até mesmo fora do Estado para ministrar workshops e oficinas de Capoeira Angola e confecção de berimbau e caxixi para públicos diversificados.

Em 2009, sendo graduado pelo grupo anterior à Professor Mestrando (nomenclatura definida nas normas do trabalho que participava). Com seu desligamento do mesmo grupo, fundou a “Escola de Capoeira Angola Resistência”, optando a usar a nomenclatura tradicional da Capoeira de Contra-Mestre.

Entre as aulas, desde 2003, acontecem todas as sextas-feiras a Roda do Gueto, uma manifestação de afirmação de roda de rua aberta, com o ritual de Capoeira Angola. Além da Capoeira Angola, também difundi outras manifestações culturais e folclóricas como o Maculelê, Dança do Fogo, Puxada de Rede e Samba de Roda junto a seus alunos. Em 22 de novembro de 2013, é formado à Mestre, por Mestre Bahia, durante o 4º Encontro Cultural de Capoeira Angola.